quinta-feira, 9 de abril de 2015

A prática e o hábito de odiar

por Ric Sales
Mais dele em: NaLivraria






Talvez guardamos na mente situações dolorosas que nos levam a regar a mágoa de determinada(s) pessoa(s) por muito tempo, em algumas situações, tempo demais que nos levanta dúvidas quanto ao motivo real do sentimento. "O motivo em algum momento sai de cena e a prática de odiar se transforma em hábito."

4 comentários:

Pedro Piluca disse...

Por isso é necessário refletir sempre.

Sêneca, antes de Cristo (acho), já dizia que para ser feliz uma, dentre três coisas, grosso modo, é ter uma vida bem refletida. Sem reflexão, não há resignificações das relações, ou de qualquer outra coisa: nada muda.

Sem falar que a mágoa e o ódio são venenos que só fazem mal a quem os toma.

Amei a tirinha.

CA Ribeiro Neto disse...

Adoro o teu traço, cara!

Paulo Henrique Passos de Castro disse...

O ódio é realmente muito cômodo e fácil.

Paulo Henrique Passos de Castro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.